Detectando falhas em sistemas operacionais e reparando através da melhoria contínua

Cliente:

Líder da indústria nacional de fundos de investimento

Desafio:

Utilizar a medotologia ágil para remodelar processos internos e corrigir falhas no sistema operacional

Resultado:

Identificamos 25 ações para melhorias contínuas em cada processo

Concepção de Árvore da Realidade Atual (ARA) detecta e repara falhas em sistema operacional de companhia de fundos de investimento

DESAFIO

O backoffice da empresa constatou algumas falhas relevantes nos servidores instalados, provocando congelamentos e bloqueios no sistema operacional e em consequência, a insatisfação dos clientes.

 

Obviamente, o problema afetou os resultados da companhia e sua imagem institucional, promovendo desgastes no relacionamento externo devido aos atrasos na entrega.

 

Era preciso rever (rápido!) cada detalhe do processo interno para solucionar o fato com agilidade e assim garantir a viabilidade dos negócios, reduzir custos e saber lidar com as possíveis crises.

 

SOLUÇÃO

Realizamos um levantamento de processos “As Is” e desenvolvimento do “To Be” para corrigir sistema operacional da organização. Durante a imersão, nosso time reuniu os colaboradores de diversas áreas e com visões diferentes do negócio para enriquecer a proposta de inovação, definir metas e prioridades.

 

Utilizamos situações concretas para elaboração de planos de contingência e ajustes no fluxo de processos internos e de governança. Para cada etapa abaixo, realizamos squads com duração de quatro dias:

 

  • Reformulação de processos sistêmicose redistribuição de estrutura organizacional;
  • Cocriação de Novos Produtos;
  • Elaboração da Gestão de Contingências de Negócios (GCN) para evitar e reduzir riscos;
  • Automatização e integração de interfaces;
  • Concepção da Árvore de Realidade Atual, identificando as causas e efeitos dos problemas apontados;

 

A Árvore da Realidade Atual – ARA – é uma ferramenta lógica que levanta e correlaciona informações para identificar a causa raiz do problema. Desenvolvida por Elyiahu Goldratt, a ARA é um brainstorming estruturado que encontra os sintomas e define os efeitos indesejáveis (EIs) percebidos pelos steakholders no ambiente corporativo e analisa a relação de causa e efeito da situação central, utilizando os princípios da Teoria das Restrições.

RESULTADO

Após a conclusão das etapas, identificamos 25 ações para melhorias contínuas em cada processo. Entre as principais estão:

  • Agilidade na negociação com o cliente;
  • Melhor qualidade nos planos de ação;
  • Otimização de custos através da Gestão de Continuidade